David Ausubel e a aprendizagem significativa

David Ausubel defende a importância da relevância, do contexto e do conhecimento prévio para a existência de uma aprendizagem significativa

Durante seus anos de escola, David Paul Ausubel (1918-2008) foi considerado um aluno problemático: não conseguia boas notas e não se comportava conforme o esperado. Ele próprio já relatou ter sofrido inúmeras humilhações e castigos no ambiente escolar, fatos que o marcaram para toda a vida.

Sua família era pobre e de origem judaica. Os Ausubel emigraram de uma região que corresponde às atuais Polônia e Ucrânia para os Estados Unidos, e David nasceu e cresceu no Brooklyn, em Nova Iorque, uma área violenta e estigmatizada à época. Segundo o psicólogo e pesquisador, sua história pessoal nunca foi levada em consideração na escola, o que teve consequências diretas em sua aprendizagem. 

Superadas as dificuldades no ensino básico, Ausubel se formou em medicina, com especialização em psiquiatria e psicologia, e optou por se dedicar à educação para mudar o cenário com o qual se deparou durante sua trajetória escolar. O teórico propõe, então, o conceito de aprendizagem significativa, que parte do contexto do aluno e de seus conhecimentos prévios para construir novos saberes que realmente façam sentido para os estudantes.

Remodelando os conceitos de aprender e ensinar

Ausubel acredita que a capacidade de adquirir novas ideias e conhecimentos é maior quando os conteúdos são relevantes e fazem sentido para quem está aprendendo, ou seja, quando o estudante consegue se basear naquilo que já sabe. 

“Se eu tivesse de reduzir toda a psicologia educacional a um único princípio, diria isto: o fator singular mais importante que influencia a aprendizagem é aquilo que o aprendiz já conhece. Descubra o que ele sabe e baseie nisso os seus ensinamentos.”

David Ausubel

Segundo sua teoria, sempre que uma criança se depara com um conteúdo novo, ela opera uma reconfiguração, ou reelaboração, de suas estruturas mentais já existentes, tornando-as mais complexas. Ausubel defende que nosso conhecimento é formado por estruturas organizadas e hierarquizadas. Essa estrutura é continuamente expandida e modificada à medida que novos conceitos e ideias são assimilados.

A aprendizagem começa, então, com a observação de eventos e sua posterior localização nessas estruturas de forma relevante, coerente e lógica. Nesse processo, o conhecimento preexistente, chamado por Ausubel de conhecimento prévio, ganha novos significados e se expande, havendo a ancoragem do novo saber na estrutura cognitiva do aprendiz. 

A aprendizagem significativa ocorre quando o novo conhecimento se relaciona a um preexistente

Para Ausubel, a aprendizagem trata da expansão e da modificação de um conhecimento já existente. Portanto, novas ideias só podem ser realmente adquiridas quando existe uma conexão com âncoras conceituais já existentes. São essas âncoras que dão sentido e significado ao novo conteúdo, construindo uma aprendizagem significativa.

Quanto mais conexões puderem ser estabelecidas com o saber preexistente, mais profundo e consolidado será o novo conhecimento. Dessa forma, o ensino e a aprendizagem devem ser guiados com base no conhecimento prévio da criança, considerando suas experiências de vida, bem como seus interesses pessoais e opiniões sobre o tema. Assim, busca-se contextualizar os saberes existentes em relação aos novos saberes.

Como a aprendizagem significativa acontece

A aprendizagem significativa ocorre quando uma nova informação se relaciona a um conhecimento prévio de maneira substancial e não arbitrária.

Ausubel chama de conceito subsunçor o que podemos entender como conhecimento prévio. Ele é definido por Ausubel como uma estrutura de conhecimentos específicos preexistentes na estrutura cognitiva do aprendiz. Originários das estruturas sensoriais do indivíduo, os conceitos subsunçores são organizados de maneira hierárquica e podem se modificar com o passar do tempo, ficando mais estáveis, diferenciados e ricos em significados.

A clareza, a estabilidade cognitiva, a abrangência, a diferenciação de um subsunçor variam ao longo do tempo, ou melhor, das aprendizagens significativas do sujeito. Trata-se de um conhecimento dinâmico, não estático, que pode evoluir e, inclusive, involuir.

Marco Antonio Moreira

Os conceitos subsunçores podem ter diversas formas, como um símbolo que já tem um significado para a pessoa, uma proposição, um modelo mental ou uma imagem. A conexão de uma nova informação a um conceito subsunçor acontece sempre de forma substancial e não arbitrária. Isso quer dizer que a relação é construída de maneira não literal e a partir de um sistema de relevância.

A aprendizagem ocorre quando um conceito subsunçor é desenvolvido e modificado. Novos saberes só podem ser apreendidos quando guardam relação com conceitos e proposições já disponíveis, as chamadas âncoras conceituais. Ausubel identificou duas condições básicas para a aprendizagem significativa: o objeto de aprendizagem deve ser potencialmente significativo e o aprendiz deve estar predisposto a aprender.

Aprendizagem significativa e memorização

Ausubel estabeleceu uma diferenciação entre a aprendizagem significativa e a aprendizagem mecânica, a qual se caracteriza sobretudo pela memorização. Na aprendizagem mecânica, as informações são apreendidas sem interação com as informações que já estão presentes na estrutura cognitiva. Por isso, seu armazenamento acontece de forma arbitrária, não se conectando de maneira substancial à estrutura mental.

No entanto, é importante ressaltar que o pesquisador não faz oposição entre os dois processos de aprendizagens. Para Ausubel, ambos são processos contínuos. A aprendizagem mecânica é inevitável para lidar com conceitos em que a memorização colabore para a agilidade mental, como a tabuada. Nesses casos, o aluno precisa memorizar as informações, mesmo que ainda não consiga relacioná-las com ideias já existentes. Porém, o teórico ressalta que a aprendizagem não pode se limitar à mera memorização.

A aprendizagem mecânica tem o potencial de se transformar em significativa quando o aluno entra em contato com novos conceitos e constrói novas relações. Dessa maneira, a relevância e o significado também podem ser construídos posteriormente.

Vantagens da aprendizagem significativa

A teoria da aprendizagem significativa embasa as ideias e teorias sobre a aquisição dos saberes. Por meio dos estudos de Ausubel, é possível transcender a noção de que o currículo escolar se resume à seleção dos conteúdos a serem ensinados, enfatizando que não se pode dissociar o ensino da aprendizagem.

O currículo escolar, então, passa a ser visto de maneira mais sistêmica, visando à promoção da autonomia e formando sujeitos capazes de intervirem em seus meios sociais. Um ensino voltado à construção da aprendizagem significativa permite que os alunos construam os sentidos e significados de suas aprendizagens de maneira contextualizada e com protagonismo.

Quer saber como construir uma aprendizagem divertida e significativa?

Baixe agora o nosso e-book Fun learning: aprender tem que ser divertido, simples assim

A aprendizagem significativa traz muitas vantagens. Abaixo, elencamos algumas delas:

  1. Os conhecimentos adquiridos são assimilados por um período maior e vão se reconfigurando com novos saberes mais complexos.
  2. As informações são construídas em relações de semelhança e diferença com saberes já estabelecidos, contribuindo para uma maior facilidade da aprendizagem futura de temas relacionados.
  3. Toda nova informação assimilada tem um efeito residual.
  4. As informações apreendidas significativamente podem ser aplicadas em uma grande variedade de novos problemas e contextos.
  5. Os alunos se sentem mais motivados a aprender.

Educacross como ferramenta para a aprendizagem significativa

A Educacross é uma plataforma de fun learning que promove a aprendizagem e a avaliação em Matemática e Alfabetização, potencializando o engajamento de alunos e professores. A Educacross une gamificação, metodologias disruptivas, inteligência artificial e neurociências para promover a aprendizagem significativa e envolvente por meio de jogos digitais.

Desenvolvida para o Ensino Fundamental I e a Educação Infantil, a Educacross possui forte sinergia com diferentes experiências de ensino e aprendizagem, oferece mais de 2 mil jogos que desenvolvem a inteligência lógico-matemática, discursiva e a metacognição.

A Educacross promove a aprendizagem significativa

Os jogos Educacross contam com dinâmicas de gamificação adaptativa, proporcionando experiências lúdicas e ativas e que consideram o universo infantil, permitindo que se explore o conhecimento prévio e respeitando o ritmo de cada criança. Por meio da inteligência artificial, a plataforma analisa a interação e o desempenho do aluno e se reconfigura constantemente para apresentar desafios pertinentes à criança. Além das interações inteligentes durante o jogo, a Educacross oferece informações detalhadas sobre o desempenho dos alunos aos gestores e professores, colaborando para que se realizem intervenções ágeis, assertivas e individualizadas.

Nascida no meio acadêmico, a Educacross contém uma sólida fundamentação teórica, reunindo teorias educacionais atuais sobre as tecnologias de ponta.  

A Educacross contempla a implantação da sua práxis, com todas as metodologias envolvidas,  com formação simples e ágil de professores e gestores, amplo suporte e apoio pedagógico mensal, oferecendo experiências diferenciadas a cada integrante do processo educacional e trazendo resultados impressionantes.

Quer levar a Educacross para a sua Escola?

Agende uma conversa conosco!

Fontes:

AUSUBEL, D.P.; NOVAK, J.D.; HANESIAN, H. Psicologia Educacional. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

FERNANDES, E. David Ausubel e a aprendizagem significativa. Nova Escola, São Paulo, 1 dez. 2011. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/262/david-ausubel-e-a-aprendizagem-significativa. Acesso em: 14 jun. 2021.

MOREIRA M.A. Aprendizagem significativa. Brasília: Editora da UnB, 1999.

SILVA, A.L.S. Teoria de Aprendizagem de Ausubel. Info Escola. Disponível em: https://www.infoescola.com/pedagogia/teoria-de-aprendizagem-de-ausubel/. Acesso em: 14 jun. 2021.

TEIXEIRA H. Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel. Hélio Teixeira. 18 nov. 2015. Disponível em: http://www.helioteixeira.org/ciencias-da-aprendizagem/teoria-da-aprendizagem-significativa-de-david-ausubel/. Acesso em: 14 jun. 2021.

Tags: |

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.